Metodologias de Testes para COVID-19

postado dia 11/05/2020

Secretaria da Saúde de Veranópolis divulga informação sobre as metodologias de testes que estão sendo aplicados aos pacientes do município para verificação da contaminação com o novo Coronavírus (COVID-19).

PCR (Reação em cadeia da polimerase):
O teste PCR é considerado o padrão-ouro no diagnóstico da COVID-19;
O método detecta o material genético (RNA) do SARS-CoV-2 na amostra analisada;
Amostra: raspado de nasofaringe;
Período de coleta: pode ser feita a partir do 1º dia após o início dos sintomas e até o 7º dia, pois ao final desse período a carga viral tende a diminuir.
Ou seja, o teste PCR identifica o vírus no período em que está ativo no organismo, tornando possível aplicar a conduta médica apropriada: internação, isolamento social ou outro procedimento pertinente para o caso em questão.

Sorologia
A sorologia, diferente do PCR, verifica a resposta imunológica do corpo em relação ao vírus. Isso é feito a partir da detecção de anticorpos IgA, IgM e IgG em pessoas que foram expostas ao SARS-CoV-2.
Amostra: coleta de sangue venosa;
Período de coleta: é recomendado que seja realizado, pelo menos, 10 dias após o início dos sintomas. Isso se deve ao fato de que produção de anticorpos no organismo só ocorre depois de um período mínimo após a exposição ao vírus.
Realizar o teste de sorologia muito antes do período indicado pode resultar em um resultado falso negativo. Por isso, para realizar o exame é recomendado o pedido médico.

Testes rápidos
Os testes rápidos para COVID-19 são similares aos testes de farmácia para gravidez. No caso do teste para COVID-19, faz-se uso de uma lâmina de nitrocelulose (uma espécie de papel) que reage com a amostra e apresenta uma indicação visual de cor em caso positivo.
Os testes rápidos que estão sendo fornecidos pelo Ministério da Saúde detectam anticorpos IgG e IgM (que identificam uma resposta imunológica do corpo em relação ao vírus).
Amostra: sangue total capilar
Período de coleta: A grande parte dos produtos registrados na Anvisa informa na bula que resultados mais confiáveis foram obtidos a partir do décimo dia do início dos sintomas. Portanto, é preciso estar atento às instruções de uso dos testes.

Compartilhe
nas redes